Saiba quais são as Situações que Geram o Bloqueio do Bolsa Família

Saiba quais são as Situações que Geram o Bloqueio do Bolsa Família

O bloqueio Bolsa Família é uma situação que nenhum beneficiário do programa quer passar. Contudo, muita gente acaba ficando sem esse suporte financeiro mensal por conta de alguns erros bobos.

bloqueio bolsa familia

E a falta dele pode ser extremamente prejudicial. Principalmente porque para muitas famílias essa é uma das principais fontes de renda.

Veja abaixo algumas situações em que é possível ocorrer o bloqueio Bolsa Família.

1.      Não fazer a matrícula das crianças e adolescentes do grupo familiar

Uma das obrigatoriedades de quem recebe esse benefício é manter crianças e adolescentes com idade entre 6 e 17 anos matriculados na escola. Além disso, é preciso manter uma frequência escolar para garantir o recebimento do benefício.

No caso das crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos, a frequência mínima é de 85%. Já para os jovens com 16 e 17 anos, o mínimo é 75% todo mês.




 

2.      Não fazer a atualização e acompanhamento de dados da saúde

Outra situação muito comum que pode gerar o bloqueio Bolsa Família é não atualizar os dados de saúde dos membros do grupo familiar. Quem recebe esse benefício precisa informar os dados de:

  • Gestantes;
  • crianças menores de 7 anos;
  • Mulheres de até 44 anos

Além disso, no caso de grupos que possuem crianças menores de 7 anos, é fundamental que os responsáveis garantam que a vacinação delas esteja em dia, além de fazer o acompanhamento no posto de saúde.

3.      Deixar o cadastro único desatualizado

É fundamental manter as informações do Cadastro Único do Governo Federal atualizadas. Isso porque, esses dados são constantemente conferidos para garantir que apenas quem realmente necessita está recebendo o auxílio.

Qualquer mudança na condição da família, desde endereço até a troca da escola da criança ou adolescente, precisa ser informada. Quem não manter o CadÚnico atualizado, corre o risco de cair no famoso pente fino do Governo.

4.      Não fazer o saque do Bolsa família

Se você não sacar o benefício, pode acabar tendo o bloqueio Bolsa Família. Isso porque, existe um prazo de 90 dias que o Governo estabelece para que os beneficiários saquem o valor.

Quem não sacar corre o risco de ter o benefício bloqueado, cancelado ou até mesmo suspenso. E detalhe muito importante, se o saque não ocorrer em até seus meses, o grupo familiar será automaticamente desligado do programa.

Por conta disso é importante ficar de olho no calendário do bolsa família, para saber exatamente quando o dinheiro irá cair, e assim realizar o saque o quanto antes, evitando o bloqueio ou cancelamento.

5.      Esquecer de ir ao recadastramento

Muitas famílias são convocadas para o recadastramento. Nesse processo, são verificadas várias informações, e são feitas alterações caso a família tenha tido alguma mudança.

Faltar a esse processo pode deixar seu cadastro desatualizado, desencadeando assim o bloqueio e até cancelamento do benefício.

Agora que você já sabe quais situações geram o bloqueio Bolsa Família, fique atento! Mantenha as obrigações em dia, garantindo assim o recebimento do benefício mensal.

Deixe uma resposta

Fechar Menu