Saiba os Seus Direitos Durante a Greve dos Correios
Figura 1 Google

Saiba os Seus Direitos Durante a Greve dos Correios

A Greve dos Correios que começou no dia 11 de setembro pegou todo mundo de surpresa. E apesar do sindicato ter dito que ela é parcial, muita gente já está preocupada em relação a atrasos de encomendas, e também de contas.

greve dos correios
Figura 1 Google

A empresa informou que os serviços  Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje estão temporariamente suspensos. Só isso já tem gerado dores de cabeça para muita gente.

Mas a maior preocupação entre os consumidores é realmente a entrega de contas e boletos. Segundo a Fundação Procon e do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) é importante entender os direitos e o que pode ser feito em relação a isso.

O que fazer para evitar dores de cabeça com a greve dos correios

Está preocupado com a greve dos correios? Então confira abaixo como proceder para não acabar tendo dores de cabeça como atraso de contas e pagamento de multas por conta disso.



 

·         Como pagar as contas?

Segundo o Procon, mesmo com possíveis atrasos na entrega de boletos os consumidores não são isentos de pagamento das contas. Ou seja, se o pagamento for atrasado, a pessoa terá que pagar multa.

Por isso, se você perceber que o prazo de vencimento está chegando e que até agora nada do boleto chegar, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa em questão para solicitar uma segunda via.

Inclusive, várias empresas e serviços como cartões de crédito, planos de saúde, internet entre outros emitem uma segunda via de forma totalmente online. Se por acaso a empresa não te der qualquer outra alternativa, aí sim ela não tem direito de cobrar juros e multa.

·         Preciso enviar uma encomenda, e agora?

Se a encomenda pode ser enviada sem urgência, é possível usar os Correios. Isso porque o serviço de PAC ainda está ativo, segundo a empresa.

Agora, se você tem mais urgência, a recomendação é procurar outros prestadores de serviços de entrega. Além disso, na contratação, é importante pedir que a empresa coloque o prazo de entrega pro registro no contrato.

Assim, caso haja algum atraso o consumidor poderá exigir os seus direitos judicialmente.

Por sua vez, quem comprou produtos pelos Correios, a empresa que vendeu terá que encontrar uma outra maneira de fazer a entrega dentro do prazo, ou de ressarcir o consumidor de alguma outra maneira.

·         Demais Serviços dos Correios

Caso haja realmente um atraso na entrega estimulada pelos Correios, o consumidor pode pedir um ressarcimento. Mas é importante ter documentos que comprovem o atraso.

Se a falta do serviço gerou algum tipo de dano material ou moral, a pessoa também pode acionar o Procon e tentar uma indenização por vias judiciais. É importante que a reclamação seja feita por meios formais, diretamente no órgão de defesa do consumidor. Mas a abertura de ação não é garantia de indenização.



Por enquanto não há previsão do fim da greve dos correios. Por isso é importante se programar em relação as contas, encomendas e entregas, para não ter dores de cabeça.

Deixe uma resposta

Fechar Menu