Primeiro Pente-fino do INSS começa no mês de outubro

Primeiro Pente-fino do INSS começa no mês de outubro

O primeiro Pente-fino do INSS do Governo deve começar no próximo mês. O processo irá mirar os beneficiários que recebem o auxílio-doença e a aposentadoria por invalidez.

Em teoria a verificação deveria ter começado antes. No entanto, como o sistema solicitado para o Dataprev ainda não entregue.

Como vai funcionar o Pente-fino do INSS?

O Pente-fino do INSS está funcionando de duas formas de atuação. A primeira delas é para verificar possíveis irregularidades e fraudes.

Essa verificação teve início no dia 12 de julho e começou com a suspensão de pagamentos considerados irregulares pelo INSS. Mas, esse processo deve se estender até o final de 2020 e mais de 3 milhões de benefícios que possuem indícios de irregularidade serão analisados.

Entre eles estão auxílios, pensões e aposentadorias. Os segurados que estiverem na mira do Pente-fino do INSS serão notificados por meio de caixas eletrônicos e carta.

Em caso de suspensão o cidadão terá 30 dias para apresentar uma defesa, se for trabalhador urbano. No caso de trabalhador rural, o prazo será de 60 dias.

Pericias também passarão por Pente-fino do INSS

A segunda fase do Pente-fino do INSS irá avaliar as perícias. O órgão já selecionou que será convocado e as convocações devem começar em outubro, quando os beneficiários terão que marcar novas perícias.

Estão na mira dessa segunda fase:

  • Beneficiários que já não fazer a revisão dos benefícios há mais de 6 meses;
  • Quem recebe auxílio-doença judicial

Mas fique tranquilo que se tudo estiver correto o benefício não será suspenso.

O Pente-fino do INSS não irá convocar cidadãos que recebem aposentadoria por invalidez e já possuem mais de 60 anos. Isso porque, esses segurados estão protegidos pelo Estatuto do Idoso.

Pessoas que recebem o auxílio doença também não devem passar pelo Pente-fino do INSS. Nesse tipo de situação o beneficiário já é obrigado a fazer revisões periodicamente e em alguns casos até mesmo reabilitação.

Quem tem entre 55 e 59 anos de idade e recebe a aposentadoria por invalidez há mais de 15 anos, também não deve ser convocado pelo Pente-fino do INSS;

Foi convocado para o Pente-fino do INSS? Saiba o que fazer!

No caso das pessoas que forem convocadas para o Pente-fino do INSS, a primeira coisa a ser feita é atender a convocação. De maneira nenhuma ignore a solicitação pois isso irá provocar a suspensão e até mesmo cancelamento do benefício.

Uma vez convocado será marcada uma nova perícia. Nela, é necessário levar todos os exames e laudos médicos que comprovem a incapacidade para o trabalho. No caso de pessoas que possuem algum tipo de concessão judicial, também é necessário levar uma cópia do processo.

Se for comprovado que o segurado não tem capacidade de voltar ao trabalhado (no caso de aposentadoria por invalidez) o benefício continuará a ser concedido pelo INSS sem qualquer alteração.

Qual a sua opinião sobre o Pente-fino do INSS? Você acha que isso pode ajudar a acabar com fraudes e irregularidades no sistema? Deixe sua opinião!

Deixe uma resposta

Fechar Menu