Governo Federal Avalia Rever a Tabela de IR
Fonte: Ivi Villi.

Governo Federal Avalia Rever a Tabela de IR

O Governo Federal anunciou que pensa em rever a tabela de IR, que determina a faixa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física. Atualmente, quem ganha menos de R$ 1.903,98 mensais.

Segundo o anúncio, a mudança teria como base a  inflação. Além disso, também seria promovido um corte linear nas alíquotas de todas as faixas de renda.

IR
Fonte: Ivi Villi.

 

A Tabela IR não é ajustada desde 2015, e as mudanças iriam afetar milhões de brasileiros.

Como as mudanças da tabela de IR podem interferir no seu dia a dia?

As mudanças na tabela de IR iriam afetas diretamente tanto o valor de imposto a ser pago pelo contribuinte, como o de restituição. A medida vem depois da polêmica das deduções médicas em troca.

O que o Governo está oferecendo em troca, basicamente é um corte linear das alíquotas. Essa mudança iria fazer que mais brasileiros não fossem obrigados a fazer declarações ao Fisco.

Atualmente, as renúncias médicas beneficiam uma parcela muito pequena da população. Apenas 20% da parcela de brasileiros mais ricos é que são beneficiados, de acordo com o Ministério da Economia.

Ou seja, atualmente, quem ganha menos acaba pagando mais imposto (de forma proporcional) do que aqueles que tem uma renda mais elevada. E isso pode acabar aumentando ainda mais a desigualdade no Brasil.

Previsão de Reforma Completa no sistema de Impostos

Não é de hoje que o Governo tem dado sinais de que o sistema de impostos será alterado. O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou que deve apresentar na próxima semana, para Paulo Guedes, a proposta de reforma tributária para o Brasil.

Entre os pontos que devem ser abordados no documento, estão alguns itens referentes ao Imposto de Renda, bem como tributos trabalhistas que os empreendedores precisam pagar. O objetivo dessa proposta, segundo o secretário, é simplificar o pagamento de impostos.

Atualmente, o Brasil é um dos países onde se paga mais impostos, e também os mais caros.  No entanto, a proposta ainda está sendo estudada, pois, o secretário afirma que ela não pode fazer que a arrecadação caia.

Uma das propostas do Governo Federal seria a criação de um IVA, dos impostos federais.

Basicamente, com essa medida, todos os tributos do gênero seriam reunidos. Isso inclui o PIS/Cofins, ISS,  e também uma parte do IOF. Também estuda-se agregar parte  da CSLL.

Não é de hoje que a mudança de tributação no Brasil é discutida. O Ministro da Economia, inclusive já deu diversas declarações controversas sobre o assunto. Uma delas é a simplificação brutal dos impostos, que ainda não ficou clara.

O representante afirma que deseja criar um imposto único, e que o país caminha para esse resultado. Mas, ainda não existe um plano ou documento oficial e acessível a sociedade que mostre como essa união iria funcionar.

De qualquer forma, a verdade é que o Brasil precisa urgentemente de mudanças tributárias que atendam a todos. Empreendedores e população em geral.

E você, qual sua opinião sobre as possíveis mudanças na tabela de IR.

Deixe uma resposta

Fechar Menu