Governo Anuncia Modernização da Fiscalização do FGTS

Governo Anuncia Modernização da Fiscalização do FGTS

A fiscalização do FGTS é algo fundamental dentro da previdência social. Afinal de contas, é por meio dela que o INSS consegue garantir que o pagamento do fundo seja feito. E agora o Governo Federal acabou de anunciar uma novidade em relação ao assunto.

Fiscalização Fgts

Foi anunciado que o Ministério da Economia começará a fazer uma auditoria mais (linha dura) em relação aos depósitos feitos pelos empregadores no fundo de garantia. O anúncio foi feito pelo Conselho Curador do Fundo, que aprovou a medida em última reunião extraordinária.

Para que seja possível realizar essa fiscalização mais rígida, serão investidos cerca de  R$ 10 milhões para desenvolvimento do sistema FGTS Digital. O objetivo dessa plataforma é justamente otimizar todo o processo.

Desde a arrecadação até as notificações de cobrança.

Como irá funcionar o novo sistema de fiscalização do FGTS?

O sistema digital de fiscalização do FGTS terá como principal foco três pilares: integrar as informações dos empregadores, ter mais transparência e desburocratizar o processo. além disso, essa plataforma também visa combater a evasão de pagamentos.

Com o anúncio do saque do FGTS, ficou evidente que milhares de trabalhadores não tem os depósitos feitos corretamente pelos empregadores. E consequentemente, o fundo de garantia é prejudicado.

Agora, com o FGTS Digital, que deve começar a funcionar ano que vem, será possível manter uma fiscalização bem como acompanhamento virtual facilitado.

Isso porque todas as informações da folha de pagamento serão inseridas diretamente no sistema. Dessa forma, será possível que os órgãos reguladores façam o monitoramento do recolhimento FGTS e da Contribuição Social.

E caso não haja o cumprimento das obrigações trabalhistas, as empresas serão notificadas de forma imediata. Com isso, a tendência é que a falta de depósitos diminua.




 

Programa terá opções de personalização

Uma das vantagens desse programa de fiscalização do FGTS é que será possível personalizar as guias de recolhimento. Dessa forma, será possível criar uma guia para cada colaborador.

Segundo o Governo, o objetivo é recuperar R$ 16 bilhões de inadimplência que estão devido atualmente. Além disso, a integração dessa plataforma também ajudará a reduzir custos de ações fiscais, além de garantir mais eficiência no monitoramento e cumprimento de normas.

Outra vantagem dessa plataforma é que ela também trará outras funcionalidades incríveis para os empregadores, tais como:

  • Serviços de caixa postal (comunicação eletrônica);
  • Solicitação e adesão de parcelamento eletrônico de débitos;
  • Restituições;
  • Compensações;
  • Emissão de guias de pagamento do FGTS.

 

 

Além disso, o sistema de fiscalização do FGTS também irá trazer vantagens para os trabalhadores. Isso porque, por meio da plataforma será possível verificar os extratos dos depósitos.



Essa funcionalidade será possível justamente por conta da integração dessa solução com a Carteira de Trabalho Digital. Outra vantagem é que os contribuintes também poderão verificar os valores devidos a título de remuneração. Com isso, os próprios trabalhadores também poderão fiscalizar seus patrões.

Qual a sua opinião sobre a modernização da fiscalização do FGTS? Você acha que isso pode diminuir as ilegalidades e falta de cumprimento das obrigações trabalhistas?

Deixe uma resposta

Fechar Menu