DataPrev Inicia Prova de Vida Através de Biometria

DataPrev Inicia Prova de Vida Através de Biometria

A prova de vida é um procedimento padrão que precisa ser feito anualmente por aposentados do INSS. E agora, o DataPrev acaba de iniciar um projeto onde os contribuintes poderão usar a biometria para fazer essa comprovação.

biometria

Segundo o Dataprev, essa nova modalidade de prova de vida dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será aplicada inicialmente em 15 municípios, de diferentes regiões do Brasil. A aplicação da biometria começa já nesse mês, por isso é importante ficar de olho!

Qual o objetivo da prova de vida através da biometria?

O objetivo da implantação da prova de vida através da biometria é trazer mais facilidade para os aposentados que precisam passar por esse processo todos os anos, mas têm dificuldades de se locomover até a agência bancária. Além disso, a atualização da comprovação também visa evitar fraudes, uma vez que obrigatoriamente ela só será feita mediante a confirmação da impressão digital ou facial.

Essa mudança já tinha sido anunciada no fim de julho pelo INSS. E a atualização irá dois tipos de biometria, a que analisa a impressão digital, e também a facial.

Segundo o Dataprev, a base de dados que será usada para comparação é a do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A plataforma possui cerca de 100 milhões de dados biométricos de brasileiros de todas as regiões do Brasil.

O processo de reconhecimento biométrico varia conforme o tipo de tecnologia. No caso da biometria da impressão digital, o aposentado receberá orientações para posicionar a mão de frente para a câmera do smartphone. Já no caso da biometria facial, ele receberá orientações de movimentos que precisa fazer com a cabeça.

O processo poderá ser feito através do smartphone do próprio idoso. Caso a pessoa não tenha esse tipo de aparelho, ou possua alguma dificuldade para lidar com o dispositivo, é possível solicitar ajuda para a comprovação remota.

A pessoa poderá indicar para o idoso que movimentos ou atitudes ele precisa ter em frente a câmera do smartphone para que aa face ou impressão digital seja reconhecida.

Um dos grandes diferenciais desse novo processo é que o resultado da prova de vida poderá ser visto de forma imediata, após a finalização do procedimento.

Várias redes bancárias já usam a tecnologia de biometria em suas agências, principalmente nos caixas eletrônicos. Inclusive, algumas delas já utilizavam a inovação para a prova de vida.

Mas até então o aposentado ainda precisava ir até a agência bancária para fazer o procedimento. O que acaba sendo muito difícil para quem possui dificuldades de locomoção, ou até mesmo difícil acesso a agência.

Com essa nova tecnologia, o processo de comprovação de vida deve se tornar mais prático e rápido. Contudo, é importante ressaltar que ele ainda está em fase de testes. Apenas depois da testagem nesses 15 municípios iniciais é que o Dataprev passará a colocar o processo em prática em outras regiões.

Qual é a sua opinião sobre essa nova forma de fazer prova de vida? Aproveite para deixá-la nos comentários.

Deixe uma resposta

Fechar Menu